Blog

O que é a Fotobiomodulação Terapêutica


Por: Prof. Dr. Marcelo Sousa, PhD


A ciência moderna provou que luz pode ser usada para o tratamento de diversas doenças e sintomas principalmente os que estão relacionados a alívio de dor, diminuição de inflamação e aceleração do processo de cicatrização de feridas. Tais efeitos são possíveis graças a Fotobiomodulação (FBM), um processo que causa alterações biológicas nos organismos devido a interação de fótons (partículas de luz) com átomos ou moléculas.

Os procedimentos Fotobiomodulação Terapeutica (FBMT) mais usuais são realizadas por iluminação com LED ou LASER com baixa potência (não aquece a pele) direto no local da dor ou da lesão, a fim de acelerar os processos celulares que levam ao alívio da dor e diminuição da inflamação.



Quase todos os procedimentos de FBMT são conduzidos com luz vermelha ou infravermelha (600-1100 nm), com uma potência de 1-1000 mW em uma densidade de energia que não gera aquecimento (0,1- 100 J / cm2).

Estes procedimentos de FBMT não são invasivos, uma vez que a luz pode passar através da pele para atingir o local do tratamento; não são térmicos, pois se tratam de reações fotoquímicas; e tem uma vasta gama de aplicações clínicas. A FBMT está revolucionando a pesquisa na área de saúde e em breve será acessível para terapeutas e pacientes.

Referência: Handbook of Low Level Laser Therapy




Sobre o autor: Marcelo é físico com doutorado em Fotomedicina aplicada a neurociência na USP e Harvard. Apaixonado por ciência desde que era criança. Agora se dedica a criar soluções baseadas em ciência de ponta para resolver grandes problemas da humanidade. Sua maior missão é fazer com que Cora, sua bebê tenha uma vida saudável e feliz.

0 visualização

bright photomedicine ® 2020